• Especial - Look Festa

    Especial - Look Festa

  • Coque Bailarina

    Coque Bailarina

  • Batalha das máscaras

    Batalha das máscaras

  • It acessório: Tiara de Flores

    It acessório: Tiara de Flores

  • Os benefícios mágicos do pepino para a beleza

    Os benefícios mágicos do pepino para a beleza

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Coque Bailarina


Às vezes um penteado clássico pede um toque moderno, ou uma leve ousadia para que possa ressurgir como uma tendência capilar influente, sendo este o caso do atemporal coque bailarina. E não estamos falando do típico, polido e perfeitamente feito, mas com infinitas variações do tradicional penteado, alguns super-elegante, outros soltos, bagunçadinhos e marcantes.  

Em vez de suntuoso, o coque bailarina da temporada têm uma coisa importante em comum, são completamente chiques em todas as suas interpretações perfeitamente desfeitas. Então, esqueça tudo o que você sabe sobre eles e deixe-se surpreender! Coques soltos, nós entrelaçados, altos, baixos, eles não são mais claramente definidos, ideais para aquela transição do dia para a noite, bonita e sem esforço.


Coque desfeito para o dia:
Muito volume e um pouco de textura, estes são os elementos perfeitos para os dias mais frios que tem feito ultimamente. Implorando para serem acompanhados de enormes casacos aconchegantes e malhas grossas, os coques trançados e suavemente presos parecem ser "varridos" pelo vento. Romântico, ótimo para ser usado com pouca ou nenhuma maquiagem.


Quando se trata de cabelo, bagunçado significa super moderno. O novo coque bailarina foi traduzido para um olhar desgrenhado, é elegante apesar de ser intencionalmente imperfeito. Oversized e texturizado, complementa a estética da mulher no dia-a-dia, acessível, com uma vantagem distinta, simples de fazer. Esse estilo vai muito bem com roupas formais, make natural com bochechas coradas, lábios rosados e pouco rímel.  


Provavelmente, você já deve estar acostumada a andar pela casa com um coque desses, o que a faz ainda mais preparada para abraçar a tendência do "coque caindo". Alguns fios soltos e uma amarração sub-lateral. Considere que este não é o coque ideal para locais de trabalho mais formais, mas sim para momentos de lazer. Para seguir o estilo completo, use o lápis preto um pouco borrado ao longo da linha inferior dos cílios e lábios naturais.


Coque bailarina para a noite, um pouco mais elaborado:
Durante a noite espera-se um nível maior de sofisticação, embora o penteado seja mais elaborado não há como escapar da sensação do "sem esforço", mesmo ao cair da noite. O coque da foto acima é do desfile de Carolina Herrera, escultural e altamente dramático, uma interpretação do coque bailarina no seu melhor luxo, use-o em ocasiões mais extravagantes. Combine com um vestido de tirar o fôlego e saltos, make com batom vinho e olhos nude.


Não há como escapar da influência sportswear chique, nem mesmo quando se trata de algo tão feminino e delicado como este penteado atemporal. Elegante, sujo e encharcado de brilho, os updos de Roberto Cavalli são a expressão do minimalismo. Um aspecto "gorduroso" causado pelo gel, mas sexy e simples. Bagunçado e preso de "qualquer maneira", vai bem com olhos esfumaçados e boca nude.


Os topknots extremamente enrolados do desfile de Jean Paul Gaultier, é uma versão inesperada do clássico coque bailarina, com bastante influência atlética, mas não de maneira direta. Esse escultural coque fica melhor com o delineado de gatinho, bem marcante, lábios nude e roupas casuais.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright (c) Papo Glitz - Todos os direitos reservados. Layout: Michelle Duarte.