#EstudandoModa - Visual Merchandising

O Visual Merchandising é o trabalho de dar vida ao produto no ponto de venda, através da união de diversas técnicas de marketing e comunicação visual. Ele envolve todos os aspectos do ambiente de varejo. Mobiliários, iluminação, sonorização, aroma e, e claro as diversas formas de exposição do produto são trabalhados em um projeto de VM. 
Para isso, o profissional estuda a marca e o consumidor. Define o caminho do consumidor dentro da loja, os hot spots, calcula a venda por metro quadrado e define onde expor os produtos chave.

Diferente do que muitos pensam, a atividade de visual merchandising não é restrita apenas a vitrines. Tudo dentro da loja está ligado ao VM, como o layout, exposição dos produtos, iluminação, cores e até mesmo a música que toca na loja! Mas não se esqueça do lado de fora, ele também pode (e deve!) ser levado em conta quando você pensa em ações de visual merchandising.


MERCADO DE TRABALHO

O Visual Merchandiser faz o desenvolvimento e implantação de projetos de visual merchandising que objetivam a ambientação e exposição do produto em loja única ou rede de lojas de acordo com o posicionamento da marca e o perfil do público-alvo contribuindo assim com o incremento das vendas. Atua na criação e montagem de ilhas, corners, paredes, topos e solo, bem como desenvolvimento de projeto de iluminação, sonorização e aromatização, com senso estético, agregando valor e aumentando a desejabilidade da marca e do produto.



Visual merchandising não é restrito apenas ao ramo da moda e vestuário. Os maiores exemplos estão nestas categoria. Mas suas técnicas também são aplicadas em diversos tipos de loja, como de ferramentas, esportes, supermercados e até mesmo farmácias. Podemos dizer que o VM tem 2 grandes poderes, o de atrair o cliente para dentro da loja e o de fazê-lo comprar.



0 comentários